Tech Zone

NEM TUDO ESTÁ PERDIDO: Quem não tiver valores a receber pode tentar nas próximas fases, diz Banco Central; confira

NEM TUDO ESTÁ PERDIDO: Quem não tiver valores a receber pode tentar nas próximas fases, diz Banco Central; confira
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nesta etapa do Sistema Valores a Receber, do Banco Central, serão R$ 3,9 bilhões disponíveis de devolução para 28 milhões de pessoas ou empresas que tinham saldos residuais em contas correntes.

O Banco Central (BC) dividiu a consulta aos R$ 8 bilhões “esquecidos” em etapas no Sistema Valores a Receber. Isso significa que o cidadão que não tiver nada a receber atualmente pode tentar na próximas fases. De acordo com a autarquia, as próximas etapas do sistema, que serão implementadas a partir de maio, podem fazer com que as pessoas que estão “zeradas” agora tenham algum valor a receber no futuro.

Na primeira etapa, serão R$ 3,9 bilhões disponíveis de devolução para 28 milhões de pessoas ou empresas que tinham saldos residuais em contas correntes, por exemplo. Em março, além de começar a ser devolvido o dinheiro, haverá uma repescagem.

As próximas etapas, a partir de maio, permitirão a consulta e resgate dos R$ 4,1 bilhões restantes. Então, se na sua consulta aparecer que não está disponível ainda, a próxima oportunidade será em maio.

Sistema Valores a Receber (SVR), do Banco Central: nova etapa de consulta ao dinheiro "esquecido" será liberada a partir de maio
Sistema Valores a Receber (SVR), do Banco Central: nova etapa de consulta ao dinheiro “esquecido” será liberada a partir de maio(foto: Reprodução)

O BC decidiu disponibilizar o serviço em etapas para ampliar gradativamente as consultas aos valores que estavam perdidos, começando nesta segunda-feira (14/2). De acordo com a autoridade monetária esse sistema será permanente. Para consultar, basta acessar o site: https://valoresareceber.bcb.gov.br/.

Fonte: Correio Braziliense

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá