Senado: R$ 2,1 milhões ao mês pela segurança de Alcolumbre e seus colegas

0

[oceanwp_library id=”470″]

O Senado abriu uma licitação para contratar uma empresa de vigilância armada.

A vencedora vai precisar fornecer 296 seguranças para guardar as entradas de todas as dependências da Casa, assim como os apartamentos funcionais das excelências e a residência de Davi Alcolumbre.

De acordo com o edital, serão gastos até R$ 26 milhões, o equivalente a R$ 2,1 milhões ao mês.

O anterior, que vence neste ano, foi fechado por R$ 23,7 milhões.

Sem falar que o Senado abriu uma licitação para comprar 210 telefones celulares, com acesso a ligações e fluxo de dados, por dois anos e meio. O serviço atenderá a senadores e servidores da Casa e custará até R$ 5,7 milhões.

No Senado nem tudo está de saco vazio, eis que a casa abriu uma licitação para selecionar a agência responsável pela emissão das passagens áreas para servidores e senadores que viajam a serviço.

O edital prevê um contrato de um ano por até R$ 3 milhões. O valor engloba 1,8 mil bilhetes, sendo 1,6 mil nacionais e 200 internacionais, além da garantia de seguros-viagem em todos os deslocamentos. Com veem nosso suado dinheiro está servindo pelo ao menos para alguém luxar.

Fonte: Pe Notícias

[oceanwp_library id=”474″]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui