Tech Zone

SBT dispensa Rachel Sheherazade após 9 anos

SBT dispensa Rachel Sheherazade após 9 anos

O SBT decidiu demitir a jornalista Rachel Sheherazade após 9 anos de emissora. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a âncora do “SBT Brasil” foi avisada pela emissora que seu contrato, que vence no próximo dia 31 de outubro, não vai ser renovado.

Ainda não se sabe ao certo o motivo do rompimento com o, SBT que já estava sendo especulado há alguns meses. O salário da paraibana girava em torno dos R$ 200 mil mensais.

Ela foi contratada pelo SBT a pedido de Silvio Santos em 2011, após fazer sucesso na TV Tambaú (Paraíba) com comentários polêmicos.

QUANDO TUDO COMEÇOU

Em agosto do ano passado, o SBT chegou a suspender Rachel do telejornal, e também foi criticada abertamente pelo empresário Luciano Hang, dono da Havan e anunciante do canal. Além disso, desde 2014 a jornalista está proibida de emitir opiniões na bancada, razão pela qual havia sido contratada. Rachel passou apenas a dar notícias já definidas previamente pela produção do jornal.

As redes sociais de Sheherazade também são monitoradas pela direção da emissora. Tanto é que seu canal no YouTube, onde tecia comentários políticos e fazia críticas ao atual governo, foi encerrado.

POR SUA VEZ

O SBT já está testando três apresentadoras para ocupar o posto de Rachel Sheherazade no SBT Brasil. O Notícias da TV apurou que o contrato da jornalista vence em setembro, e a emissora ainda não demonstrou interesse na renovação.

POSSÍVEIS SUBSTITUTAS

Neila Medeiros, Analice Nicolau e Márcia Dantas são três nomes fortes dentro do SBT. Neila é de Brasília e trabalha na emissora há sete anos, quando foi anunciada  “como a única jornalista capaz de derrotar Marcelo Rezende e José Luiz Datena no ibope.”

Sheherazade tem sido sondada por várias emissoras, entre elas a Band e a CNN Brasil. Ela vinha sido proibida no SBT de fazer comentários na bancada após uma determinação do próprio Silvio Santos para evitar problemas com o Governo Federal.

Clique aqui (https://t.me/portaljatoba) para fazer parte do nosso grupo de notícias no Telegram. 

Fonte: Bnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá