Tech Zone

Prova de vida pode ser realizada em caixa eletrônico; saiba como

Prova de vida pode ser realizada em caixa eletrônico; saiba como
Imagem: Reprodução

A partir de junho, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) retomará a rotina de bloqueio dos benefícios dos segurados que não fizeram a prova de vida.

O procedimento permaneceu suspenso desde 2020 devido às medidas de distanciamento social, visto que os beneficiários são do grupo de risco.

Diante disso, o retorno dos bloqueios pretende evitar fraudes relacionadas aos casos de recebimento indevido.

Para orientar os segurados, o INSS divulgou o cronograma oficial que regulamenta a retomada dos bloqueios, conforme consta na Portaria nº. 1299.  Veja à seguir as datas: 

Competência de vencimento da comprovação de vida  Competência da retomada da rotina 
Março e abril/2020  Junho/2021 
Maio e junho/2020  Julho/2021 
Julho e agosto/2020  Agosto/2021 
Setembro e outubro/2020  Setembro/2021 
Novembro e dezembro/2020  Outubro/2021 
Janeiro e fevereiro/2021  Novembro/2021 
Março e abril/2021  Dezembro/2021

Como comprovar?

Segundo o INSS, mesmo estando suspenso o procedimento que é feito pelas agências bancárias, a fim de evitar aglomerações, foram liberados alguns meios alternativos que também são considerados para a comprovação.

Uma dessas alternativas é a biometria facial realizada através do aplicativo Meu INSS ou pelo site do instituto. Mas, neste caso, apenas uma parte dos beneficiários foram convocados para fazer a prova de vida pela internet. 

Por isso, os primeiros bloqueios serão feitos para este grupo. Então, se você foi convocado mas ainda não fez a prova de vida por meio da biometria facial, saiba que o prazo se encerra no dia 31.

Para os demais, a alternativa é realizar o procedimento através de caixas eletrônicos. Neste caso, o beneficiário que tiver a biometria cadastrada poderá utilizar qualquer caixa eletrônico para fazer o recadastramento de senha.

Outras transações financeiras também estão sendo aceitas como prova de vida. Para aqueles que não possuem o cadastro de biometria, basta ir à agência bancária onde recebe o benefício e apresentar documentos com foto.

No caso dos correntistas do Banco do Brasil, esse procedimento pode ainda ser realizado através do aplicativo disponibilizado para celulares.

Para isso, basta acessar o aplicativo e selecionar o campo “Serviços” e depois, escolher a opção “INSS”. Feito isso, o beneficiário deve clicar em “Prova de vida do INSS” e, depois, será preciso tirar uma foto frente e verso da identidade. 

Bloqueio 

Caso o benefício seja bloqueado por falta de prova de vida, o segurado deve solicitar a reativação do benefício.

Isso pode ser feito através da plataforma Meu INSS. Assim, deverá ser encaminhado junto ao pedido, todos os documentos pessoais e comprovante de residência.

Para evitar esse transtorno, a orientação é de que os beneficiários fiquem atentos aos canais de comunicação do INSS, onde é possível acompanhar as informações sobre o retorno da obrigatoriedade.

Fonte: Jornal Contábil/Por Samara Arruda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá