Tech Zone

PETROLÂNDIA: Filho da terra, lança seu segundo EP autoral

PETROLÂNDIA: Filho da terra, lança seu segundo EP autoral
Foto: Jair Ferraz

Natural de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, o cantor e compositor Navi Melo, de 23 anos, lançou o segundo trabalho dele. Com sete músicas inéditas, o segundo álbum autoral já chegou aos aplicativos de músicas. Intitulado de “Erotes”, o EP lançado na última segunda (1), mistura ritmos como Pop, Trap, R&B, Eletrônica, Country, New Wave e, até mesmo, Forró Pé-de-Serra.

O conceito do EP gira em torno das personalidades dos quatro filhos de Afrodite: “Eros, Anteros, Hímeros e Pothos”, os “Erotes”. Ilustrando, através de todas as faixas, as 4 faces do amor: Inconsequente, vingativo, sexual e apaixonado. E, através deles, mostrando um pouco mais dessa busca pela autoestima e amor próprio que todos nós vivemos”, revela Navi Melo, que assina a produção musical com Cristian Kelvin e VITU.

O álbum apresenta uma mistura de gêneros, e aposta em versões internacionais e nacionais. Referência regional não poderia faltar.

O que também marca esse momento de Navi, é que a música que leva o nome do novo projeto, ganhou uma versão em vídeo, dirigido por Gabriel Lopes. O clipe está disponível no canal do artista no YouTube: www.youtube.com/watch?v=XzxHZZvA0xc.

O “EP Erotes”, tem as faixas “Universe”, “Openbar”, “Benzadeus”, “Libido”, “Slow” e “Apitei.” A última música tem uma participação especial. A citação poética tem a voz assinada pela atriz Camila Bastos.

O projeto do artista Navi Melo tem o incentivo da Lei Aldir Blanc, através da Secretaria de Cultura de Pernambuco.

Sobre Navi Melo: As letras impulsionaram o artista para lançar sua carreira musical. Foi no último semestre de 2019 que o artista começou a escrever suas primeiras composições. Lançado em 2020 “Vai Doer e Você Está Sendo Avisado” é o primeiro trabalho totalmente autoral, o EP tem sete músicas.

Navi Melo, sempre foi apaixonado pelo universo musical. Nas redes sociais, chegou a compartilhar covers. E também gravou clipes amadores com a ajuda dos amigos, que vibram pela escolha que o pernambucano escolheu seguir.

Na arte, o primeiro trabalho que ele fez foi no teatro musical, integrando o “Aladim – O musical Recife”, da Nível 2.

Fonte: Blog Didi Galvão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá