PERNAMBUCO: Em menos de 30 dias município de Jatobá no sertão registra 04 assaltos a mão armada e viatura da PM capotada devido a ação de bandidos

0
PERNAMBUCO: Em menos de 30 dias município de Jatobá no sertão registra 04 assaltos a mão armada e viatura da PM capotada devido a ação de bandidos
Foto: Reprodução

Jatobá no sertão de Pernambuco, tem uma população de aproximadamente 15 mil habitantes, visto que o último censo do IBGE divulgado em 2020 a cidade tinha uma população estimada em 14.850 pessoas.

O município faz fronteira com os estados da Bahia e Alagoas, e  o seu nome foi uma homenagem feita pela Chesf ao município de Petrolândia, que quando era um distrito integrante de Tacaratu se chamava Jatobá.

Nos últimos 30 dias d0 mês de março, a população jatobaense tem sido alvo de constantes ações de bandidos, foi registrado na cidade 04 assaltos a mão armada, e no início da tarde desta segunda-feira (29/03), em perseguição a um carro com atitudes suspeitas, a guarnição local foi recebida com tiros, onde o PM que a conduzia perdeu o controle e veio a capotar.

OS ASSALTOS/AÇÕES

-No início do mês de março uma jovem teve um celular subtraído no Bairro Jatobá 2;

-No dia 16/03 um posto de combustíveis localizado na entrada do município, foi subtraído quantia em dinheiro do estabelecimento e foi roubado ainda quantia de um cliente e celular de um dos frentistas;

-Dez dias depois, na sexta-feira (26/03), um trabalhador estava com seu “carro pipa” abastecendo uma residência na Zona Rural, quando foi abordado por marginais que levaram seu caminhão e seu celular (PLACA KGB 7798);

-No domingo (28/03), um jovem teve sua Motocicleta levada por bandidos nas proximidades do Alojamento do Nível 2;

-Na tarde desta segunda feira (29/03), a guarnição local perseguiu um veículo Sandero de cor preta placa MERCOSUL DVC9J59, a perseguição se deu por atitudes suspeitas dos ocupantes, os quais ao perceberem a viatura da Polícia Militar, abriu fogo contra os mesmos, os PMs revidaram e infelizmente vieram a perder o controle da viatura chegando a capotar a mesma, felizmente os Policias sofreram apenas pequenas escoriações.

A população não aguenta mais essas ondas de assaltos as quais são vítimas há anos, é inadmissível uma cidade com quase 15 MIL HABITANTES ter apenas UMA VIATURA a disposição para se fazer a segurança de uma cidade que tem suas fronteiras, as quais normalmente são utilizadas para fuga destes marginais, onde temos várias comunidades rurais distantes da sede, onde se houver alguma ocorrência todo o centro e bairros ficam desprotegidos a mercê das ações desses meliantes.

O QUE UM GOVERNO MUNICIPAL PODE FAZER PARA COMBATER A VIOLÊNCIA

A segurança pública em todo o País se destaca entre as promessas e planos de governo de candidatos às prefeituras de todo o Brasil, é raro um candidato não fazer menção a essa questão, ainda que as ações mais visíveis nessa área estejam sob a responsabilidade dos estados, como o policiamento ostensivo e as investigações criminais.

Mas na prática, sem um policiamento suficiente para se fazer a segurança de uma cidade, o que um prefeito pode fazer?

O município pode contribuir com ações que reduzam a sensação de insegurança, como a iluminação de praças, ruas, avenidas principalmente em áreas mais isoladas, como bairros mais afastados do centro que normalmente recebem uma atenção maior por concentrar órgãos municipais, estaduais, etc.

O Poder Municipal pode, ainda, fechar parcerias com estado e a União para ações conjuntas, além de implementar nas principais Avenidas e Pontos Comerciais Câmeras de Segurança onde as mesmas seriam observadas através de telas instaladas no Gabinete do Executivo, no Departamento de Vigilância Patrimonial e na Base da Polícia Militar local.

Há ainda a Guarda Municipal, que as prefeituras podem constituir livremente, capacitar e a equipar para contribuir com o policiamento local.

O QUE DIZ A CONSTITUIÇÃO FEDERAL

De acordo com o artigo 144 da Constituição Federal, a segurança pública é dever do Estado brasileiro, direito e responsabilidade de todos. Ou seja, é uma responsabilidade compartilhada entre os governos federal, estadual e municipal. Ela é exercida para a proteção das pessoas e do patrimônio, bem como a preservação da ordem pública. Tais ações se dão através das diversas polícias, como a rodoviária federal, a polícia civil, a polícia militar e também o corpo de bombeiros.

Sendo a segurança pública uma responsabilidade de todos, cada esfera do governo tem o compromisso de realizar investimentos para melhorar esta área. Veja o que cada uma dessas esferas pode fazer:

Governo Federal

O governo federal é responsável por executar o policiamento das fronteiras e combater o tráfico internacional e interestadual de drogas. É também a União quem realiza o patrulhamento das rodovias federais.

Governos Estaduais

Os governos estaduais e do Distrito Federal são responsáveis pelo policiamento ostensivo, aquele que produz na população uma percepção de segurança. Cabe aos estados a manutenção e organização das polícias Militar e Civil, assim como dos outros órgãos que investigam os crimes comuns.

Nesse caso cabe também ao Poder Executivo juntamente com o Poder Legislativo se unirem e junto ao Governo do Estado e seus representantes Estaduais e Federais cobrarem melhorias na segurança do município de Jatobá-PE, e que essas melhorias não só sirvam para palanque eleitoral em 2022, que elas sejam implementadas de imediato e que perdurem para sempre.

Redação Portal Jatobá

Fotos: Divulgação Redes Sociais

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui