Tech Zone

Modelo que chamou Putin de “psicopata” é encontrada morta dentro de uma mala

Modelo que chamou Putin de “psicopata” é encontrada morta dentro de uma mala
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O corpo da modelo Gretta Vedler, que estava desaparecida há pouco mais de um ano, foi encontrado dentro de uma mala, no interior de um automóvel.

Pouco antes de seu desaparecimento, Vedler ganhou notoriedade por chamar o presidente da Rússia, Vladimir Putin, de “psicopata“.

No entanto, de acordo com informações do jornal Daily Star, o assassinato de Gretta não tem correlação com as críticas feitas por ela ao mandatário de seu pais, pois seu então namorado, Dmitry Kotovin, assumiu a autoria do crime, que teria sido motivado por questões financeiras do casal.

Kotovin confessou à justiça russa que estrangulou Vedler e, posteriormente, colocou seu corpo na mala dentro do carro, que foi abandonado na região de Lipetsk.

Após cometer o crime, o assassino se passou pela vítima nas redes sociais, ao atualizar os perfis da modelo, a fim de dar a impressão para os parentes e amigos de que ela estava viva.

Fonte: ISTOÉ/Gazeta Web

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá