Líderes da Igreja Universal são indiciados por lavagem de dinheiro

0
Líderes da Igreja Universal são indiciados por lavagem de dinheiro
Imagem de Rubens Tutumi por Pixabay

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) de Angola determinou o indiciamento de 4 líderes da Igreja Universal, por suspeita de lavagem de dinheiro no país. De acordo com as notícias divulgadas pela mídia, os 4 estão sendo indiciados por associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Um dos indiciados é o bispo Honorilton Gonçalves, apontado pelo portal UOL como uma pessoa de confiança de Bispo Macedo. Além disso, Gonçalves também é apontado como um dos principais nomes da TV Record no Brasil durante um período.

A Igreja Universal já vinha sendo alvo de investigações em Angola há alguns meses. No país, diversos pastores locais tiveram atrito com a matriz brasileira. Além disso, a TV Record chegou a ter atividades suspensas tempos atrás, acusada de irregularidades.

O bispo angolano Antonio Pedro Correia da Silva, ex-presidente da igreja no país, e os pastores brasileiros Valdir de Sousa dos Santos e Fernando Henriques Teixeira, ex-diretor da TV Record África, também foram indiciados.

Os atritos entre o país e a Igreja Universal, bem como a TV Record, se acentuaram no ano passado. Em junho do ano passado, líderes locais do país tomaram o controle de cerca de 400 templos da igreja, cortando relações com a igreja brasileira.

A igreja brasileira chegou a acionar a justiça angolana para reaver o controle dos templos, mas acabou sendo alvo de investigações depois de receber diversas denúncias dos pastores angolanos rompidos com a igreja. As denúncias incluem racismo, fraudes, evasão de divisas, lavagem de dinheiro, expatriação de capitais e imposição de vasectomia aos pastores.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui