Tech Zone

Justiça determina afastamento de Flordelis do cargo de deputada federal; acusada de mandar matar o marido

Justiça determina afastamento de Flordelis do cargo de deputada federal; acusada de mandar matar o marido

Por unanimidade, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro afastou a deputada federal Flordelis dos Santos de Souza de seu mandato.

Flordelis é acusada pelo assassinato de seu próprio esposo, o pastor Anderson do Carmo que foi executado na madrugada de 16 de junho de 2019, na garagem de sua casa.

De acordo com as investigações o pastor Anderson do Carmo era quem controlava toda a parte financeira e ainda as carreiras política, artística e religiosa e artística da esposa, o que a deixava revoltada.

Decisão!

Segundo informações, o relator do processo, o desembargador Celso Ferreira Filho, votou a favor do afastamento da parlamentar. Ele destacou o fato de a condição de parlamentar possibilitar à deputada uma situação privilegiada em relação ao demais réus em relação à construção de sua defesa no processo.

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados também instaurou nesta terça-feira (23) o processo disciplinar que pode levar à cassação da deputada Flordelis (PSD-RJ)

Além do afastamento do cargo, Flordelis e mais 10 acusados, entre filhos naturais e adotivos, aguardam a decisão da 3ª Vara Criminal de Niterói para saber se irão a júri popular.

O desembargador afirmou ainda que as ações da deputada citadas nos autos do processo podem significar interferência na apuração da verdade dos fatos.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá