JATOBÁ: Vereadores apresentam Projeto de Lei que prevê a criação do Auxílio Emergencial do municipal

0
JATOBÁ: Vereadores apresentaram Projeto de Lei que prevê a criação do Auxílio Emergencial do município

A ideia da criação de um auxílio emergencial financeiro no âmbito do município de Jatobá-PE para ajudar as famílias carentes é um assunto que está na agenda política do município e vem sendo cada vez mais defendida por amplos setores da sociedade, a exemplo de alguns comerciantes locais que veem na ideia uma forma de estimular a economia local, hoje profundamente prejudicada por causa do efeitos da pandemia do covid-19.

A criação deste auxílio municipal vem sendo defendida pelos vereadores Éder Rodrigo (PDT), Mayênio Taillon (PDT), Dorilândia Alves (SD) e Mardônio Varjão (SD). Inclusive, o grupo de vereadores vem apresentando, já há algum tempo, ao Poder Executivo sugestões para garantir a viabilidade fiscal e, assim, poder financiar a criação desse benefício social na esfera municipal. 

Sem uma resposta positiva, até o momento, do Poder Executivo, e como forma de contribuir para atenuar a ausência de circulação de renda no município, e de reduzir os efeitos nefastos provocados pela pandemia, especialmente junto àquelas famílias em situação de vulnerabilidade social, o grupo de vereadores apresentou, hoje (05/03), na secretaria da Câmara, um Projeto de Lei que prevê a criação do Auxílio Municipal Emergencial de Jatobá.

Batizado de AME Jatobá, o projeto prevê a concessão de R$ 100,00 (cem) mensais, durante 3 meses, podendo ser prorrogado, àquelas famílias do município que encontram-se em situação de extrema pobreza. 

Mais de 1600 famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico), que atendem aos critérios para receber o benefício, poderão ser contempladas, o que corresponde a cerca de 4 mil pessoas beneficiadas. O investimento total previsto com as 3 parcelas é de R$ 498 mil. Dinheiro que poderá circular na economia local e aquecer o comércio da cidade. 

Protocolado com pedido de urgência, a matéria irá tramitar na Câmara Municipal, passando pelas Comissões Permanentes, para, em seguida, ir a Plenário para apreciação e votação de todos os vereadores. Caso seja aprovado pela Câmara, o projeto ainda seguirá para sanção ou veto do Prefeito.

CONFIRA O PROJETO NA ÍNTEGRA CLICANDO NO LINK ABAIXO:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui