Tech Zone

Igrejas evangélicas enfrentam crise, renegociam contratos com a TV e deixam de repassar fortunas

Igrejas evangélicas enfrentam crise, renegociam contratos com a TV e deixam de repassar fortunas
Imagem: Reprodução/Montagem

Igrejas evangélicas enfrentam crise, renegociam contratos com a TV e deixam de repassar fortunas, o reflexo dessa baixa financeira se deu pela pandemia da Covid-19, que acabou afetando a vida de bilhões de pessoas em todo o mundo.

O reflexo dessa situação continua sendo sentida na economia, principalmente após vários serviços terem ficado fechados durante longos meses.

As igrejas evangélicas que enfrentam crises podem ser citadas como exemplo, principalmente em relação ao sumiço da TV.

Durante longos anos, as igrejas chegaram a ser consideradas ‘minas de ouro’ para uma série de redes de televisão que vendiam seus horários para terminar de pagar as contas.

RedeTV!, CNT e TV Gazeta ainda disponibilizam parte de sua faixa para a Igreja Universal do Reino de Deus, a IURD do bispo Edir Macedo.

Contudo, segundo informações do Notícias da TV, o dono da Record renegociou esses acordos, após culpar a pandemia da Covid-19 pela queda na arrecadação.
Além disso, a Igreja Internacional da Graça de Deus, do missionário R.R. Soares, reduziu o repasse para ocupar 60 minutos do horário nobre da RedeTV!.

LEVANTAMENTO DAS IGREJAS EVANGÉLICAS QUE ENFRENTAM CRISES

Um levantamento feito pelo Notícias da TV há alguns anos, estimava que o mercado das igrejas colocassem mais de R$ 1,2 bilhão em emissoras pequenas e nanicas.

Mas, o dinheiro que entra atualmente é muito inferior a esse valor. Desde a crise e as renegociações de contratos, esse número caiu para R$ 900 milhões.

Vale lembrar que a pandemia fez com que alguns dos templos dessas famosas igrejas espalhadas pelo Brasil fechassem suas portas.

Para se ter uma pequena dimensão, a IURD reduziu cerca de 90% de seus contratos. A Igreja Internacional da Graça de Deus, seguiu os passos e hoje gasta menos do que pagava até o início de 2020.

 

 

Fonte: Otvfoco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá