Tech Zone

Fevereiro TERÁ ou NÃO TERÁ pagamento do Bolsa Família para famílias unipessoais?

Fevereiro TERÁ ou NÃO TERÁ pagamento do Bolsa Família para famílias unipessoais?
Roberta Aline/MDS

Fevereiro TERÁ ou NÃO TERÁ pagamento do Bolsa Família para famílias unipessoais? O Bolsa Família, sem dúvida, destaca-se como um dos símbolos preeminentes da administração federal brasileira. Este sistema de transferência de recursos é uma expressão clara do compromisso do país com os cidadãos em situação de vulnerabilidade.

Conforme os resultados mais recentes da pesquisa conduzida pelo MDS (Ministério de Desenvolvimento e Assistência Social) revelam, atualmente, vinte milhões de núcleos familiares estão programados para integrar efetivamente essa iniciativa governamental. Contudo, é vital que um segmento específico de beneficiários adote uma postura particularmente cautelosa neste momento: as famílias unipessoais.

As normas do Bolsa Família que foram “evoluindo”

As famílias unipessoais devem se atentar para o fato de que houve, há algum tempo, a implementação de um conjunto de regulamentações direcionadas a indivíduos que vivem sozinhos e são beneficiários do Bolsa Família.

Estas são as mais recentes orientações abrangentes relacionadas ao programa. Relembrando, o Bolsa Família foi inicialmente instituído em 2003, durante o primeiro mandato presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva.

Esse contexto histórico nos permite ter uma percepção mais precisa da longevidade desse programa em nosso país. Evidentemente, um projeto de tal envergadura está sujeito a evoluções ao longo dos anos, principalmente no que diz respeito ao auxílio às famílias em situação de vulnerabilidade.

Em 2021, por decisão do então presidente Jair Messias Bolsonaro, o programa passou por uma mudança de nome, tornando-se Auxílio Brasil.

Entretanto, essa alteração foi eficaz por apenas cerca de dois anos. Ao assumir a presidência do Brasil pela terceira vez, o presidente Lula emitiu uma Medida Provisória (MP) que restaurou ao programa o seu nome original.

No entanto, as modificações não se limitaram ao nome do programa. Em 2023, o presidente Lula reintegrou algumas normativas antigas do Bolsa Família. Atualmente, por exemplo, é imperativo que menores de idade mantenham seus registros de imunização atualizados.

Além disso, esse mesmo grupo populacional deve manter uma taxa de comparecimento escolar de 75%. Outra norma recentemente restaurada por Lula exige que gestantes que recebem o Bolsa Família realizem exames pré-natais.

As famílias unipessoais devem se atentar para o fato de que houve, há algum tempo, a implementação de um conjunto de regulamentações – Imagem: Divulgação

Quais são as diretrizes para as famílias unipessoais?

No início de 2023, o Governo Federal brasileiro autorizou uma avaliação minuciosa do programa Bolsa Família. O propósito era investigar a fundo possíveis irregularidades nos pagamentos associados a esse programa de transferência de recursos.

Desde o começo desse procedimento minucioso, mais de dois milhões de beneficiários, principalmente lares unipessoais, tiveram seus repasses do Bolsa Família suspensos.

Para os beneficiários que moram sozinhos e não tiveram seus benefícios do Bolsa Família interrompidos, o Ministério de Desenvolvimento e Assistência Social emitiu recentemente um alerta crucial.

Agora, os municípios em todo o país têm a autorização para alocar apenas dezesseis por cento da verba destinada ao Bolsa Família para os beneficiários que vivem sozinhos.

Caso um município ultrapasse essa porcentagem, o governo não permitirá a inclusão de novas famílias nessa iniciativa.

Além disso, é importante estar ciente do calendário de pagamento do Bolsa Família, que variará neste mês de fevereiro. Essa informação é essencial para que os beneficiários planejem adequadamente o recebimento dos recursos.

Acompanhar as datas específicas de pagamento de acordo com o número de identificação social (NIS) é crucial para garantir que todos os beneficiários recebam seus benefícios de maneira oportuna.

Em conclusão, o Bolsa Família continua desempenhando um papel crucial na promoção da igualdade social e no auxílio às famílias em situação de vulnerabilidade no Brasil.

As recentes mudanças e regulamentações, incluindo aquelas destinadas aos domicílios unipessoais, refletem o compromisso contínuo do governo em aprimorar e adaptar esse programa essencial.

Calendário de pagamento do Bolsa Família em fevereiro

Os pagamentos referentes ao mês de janeiro se encerraram no dia 31. Ademais, os montantes do Bolsa Família de fevereiro serão disponibilizados de acordo com o final do NIS (Número de Inscrição Social) de cada família.

  • Se o NIS tiver final 1 – recebem em 16 de fevereiro;
  • Se o NIS tiver final 2 – recebem em 19 de fevereiro;
  • Caso o NIS tenha final 3 – recebem em 20 de fevereiro;
  • Caso o NIS tenha final 4 – recebem em 21 de fevereiro;
  • Se o NIS tiver final 5 – recebem em 22 de fevereiro;
  • Se o NIS tiver final 6 – recebem em 23 de fevereiro;
  • Caso o NIS tenha final 7 – recebem em 26 de fevereiro;
  • Caso o NIS tenha final 8 – recebem em 27 de fevereiro;
  • Se o NIS tiver final 9 – recebem em 28 de fevereiro;
  • Se o NIS tiver final 0 – recebem em 29 de fevereiro.

 Via Notícias Concursos

Portal Jatobá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá