Tech Zone

Felipe Neto é intimado a depor à Polícia por ter chamado Bolsonaro de “genocida”

Felipe Neto é intimado a depor à Polícia por ter chamado Bolsonaro de “genocida”

O empresário e youtuber Felipe Neto foi intimado nesta segunda-feira (15) a comparecer à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da Polícia Civil do Rio para prestar depoimento no âmbito de procedimento que o investiga sob acusação de ter praticado calúnia crimes contra a segurança nacional.

Segundo Neto, a acusação diz respeito à ocasião em que ele chamou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “genocida”.

Neto publicou uma foto do mandado de intimação em sua conta no Twitter. Em texto que acompanha a imagem, o youtuber afirma que o delegado autor da intimação, Pablo Dacosta Sartori, seria o mesmo oficial a quem o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, teria acusado Neto de “corrupção de menores”.

intimacao
Legenda: Felipe Neto publicou imagem da intimação
Foto: Reprodução

“Minha atribuição do termo genocida ao presidente se dá pela sua nítida ausência de política de saúde pública no meio da pandemia o que contribuiu diretamente para milhares de mortes de brasileiros”, escreveu o empresário. “Uma crítica política não pode ser silenciada jamais!”

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá