DINHEIRO: Caixa Econômica Federal antecipa saque em dinheiro da 1ª parcela do auxílio emergencial

0
CAIXA TEM: Cartão de crédito e dinheiro via empréstimo; veja como fazer
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Nesta quinta-feira, 15 de abril, a Caixa Econômica Federal anunciou a antecipação dos saques em dinheiro da primeira parcela do auxílio emergencial, versão 2021.

De acordo com o presidente da estatal, Pedro Guimarães, a medida tem o objetivo de adiantar os saques em dinheiro em duas semanas. Entretanto, a antecipação será menor que essa para a maioria dos beneficiários.

É importante destacar que as alterações não afetaram as datas que já foram anunciadas para o crédito das parcelas, nem para o saque dos pagamentos que serão creditados de junho a setembro.

Agora, com a alteração, a liberação dos saques vai acontecer entre 30 de abril e 17 de maio, a depender da data de nascimento do beneficiário. No calendário anterior, esse intervalo ia de 4 de maio a 4 de junho.

E agora com a antecipação do saque em dinheiro da 1ª parcela do auxílio emergencial, como fica? Veja!

Nascidos em janeiro: 30 de abril (antes era 4 de maio)

Nascidos em fevereiro: 3 de maio (antes era 6 de maio)

Nascidos em março: 4 de maio (antes era 10 de maio)

Nascidos em abril: 5 de maio (antes era 12 de maio)

Nascidos em maio: 6 de maio (antes era 14 de maio)

Nascidos em junho: 7 de maio (antes era 18 de maio)

Nascidos em julho: 10 de maio (antes era 20 de maio)

Nascidos em agosto: 11 de maio (antes era 21 de maio)

Nascidos em setembro: 12 de maio (antes era 25 de maio)

Nascidos em outubro: 13 de maio (antes era 27 de maio)

Nascidos em novembro: 14 de maio (antes era 1º de junho)

Nascidos em dezembro: 17 de maio (antes era 4 de junho)

“No site do auxílio da CAIXA, nós teremos todo o calendário. Mas [a mudança] chega a antecipar em duas semanas e, já neste mês agora, no dia 30 de abril, a gente já começa a realizar também os pagamentos, ou seja, permitir o saque nas lotéricas e nos caixas eletrônicos, que era só em maio ”, padre Pedro Guimarães em uma transmissão ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

O calendário divulgado boletim pela CAIXA prevê, além disso, a possibilidade de saques da segunda parcela a partir de 8 de junho, da quarta parcela a partir de 13 de julho e da quarta parcela a partir de 13 de agosto. Atenção: essas datas foram mantidas pelo Governo, 1.

Caixa diz que a maioria deve consumir o valor antes da data de saque

A grande maioria dos brasileiros que irão receber o Auxílio Emergencial vão consumir os seus recursos antes da mesma data do saque, informou a Caixa Econômica Federal neste momento. A declaração é do Presidente do Banco, Pedro Guimarães.

Segundo o presidente, os brasileiros estão cada vez mais próximos da internet. Dessa forma, ele acredita que a boa parte das pessoas irá usar o benefício mesmo pelos meios virtuais.

“As pessoas estão utilizando muito bem o Caixa Tem. Mais da metade das pessoas (entre as que fornecer o Auxílio Emergencial) já consome o benefício antes de fazer o saque nas lotéricas e nas agências. Isso é muito importante porque essas contas são de graça e vão ficar depois do auxílio ”, disse Guimarães.

Quanto será pago?

O valor médio do benefício será de R $ 250, variando de R $ 150 a R $ 375, um dependente do perfil do beneficiário e da composição de cada família.

As famílias, em geral, vão receber R $ 250;

A família monoparental, chefiada por uma mulher, vai receber R $ 375;

Pessoas que moram sozinhas vão receber R $ 150.

Fonte: Notícias e concursos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui