CARUARU: Corpo é encontrado em mata na Paraíba; PM confirma que é de Patrícia Roberta

1
CARUARU: Corpo é encontrado em mata na Paraíba; PM confirma que é de Patrícia Roberta
Foto: Reprodução
O corpo de Patrícia Roberta, de 22 anos, moradora de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, desaparecida desde o domingo (25), foi encontrado em uma mata, em João Pessoa, no conjunto Novo Geisel. O principal suspeito do crime é um amigo da vítima chamado Jonathan. Patrícia viajou para João Pessoa na sexta-feira (23) e se hospedou no apartamento do amigo, que fica no bairro de Gramame.
Segundo as informações do G1 Paraíba, o último contato de Patrícia com a mãe foi no domingo (25), quando disse que viajaria de volta para a sua cidade, Caruaru, com Jonathan. No sábado, Patrícia informou a mãe que ficou o dia todo trancada no apartamento.
Foi na madrugada desta terça-feira (27) que os vizinhos estranharam os movimentos de Jonathan, um deles viu o suspeito saindo do apartamento com um tonel de lixo em um carrinho de mão. Outro vizinho seguiu o rapaz disse ter visto um corpo no tonel.
As buscas pelo corpo da jovem foram feitas com o apoio de cães farejadores, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros pelos terrenos do bairro de Gramame e áreas vizinhas. O corpo foi encontrado às 14h15, pela Polícia Militar, amarrado em um plástico, totalmente coberto, na área de mata.  
A perícia irá divulgar nesta quarta-feira (27), o laudo que aponta a causa da morte de Patrícia, segundo o delegado Canrobert Rodrigues. Mas um parente da vítima, através de uma tatuagem, identificou o corpo como sendo de Patrícia. 
O suspeito, que seria o amigo da vítima há 10 anos, já está sendo procurado. A polícia já solicitou a prisão preventiva do homem.
 

PM da Paraíba confirma que o corpo é da pernambucana Patrícia Roberta 

 
Segundo a Polícia Militar da Paraíba o corpo que foi encontrado na tarde desta terça-feira (27), é da pernambucana Patrícia Roberta. O local que o corpo foi encontrado fica na mesma região onde foram feitas as buscas na manhã desta terça-feira (27), fica localizado atrás do edifício onde Patrícia estaria passando o final de semana com o amigo.

Polícia encontra livros do ocultismo no apartamento do suspeito

Na busca por mais pistas do crime, os policiais entraram no apartamento de Jonathan. No apartamento foram encontrados livros de ocultismo e “escritos perturbadores”, segundo a perita, Amanda Melo. Em algumas anotações, foram encontradas provas que o suspeito fazia parta da ‘deep web’, com um codinome.
A perícia também encontrou peças de roupas no tanque da casa, com líquido parecido com sêmen. Também foram encontradas fronhas de travesseiro com material similar a sangue.  Os peritos recolheram os materiais e iram realizar testes para a comprovação do conteúdo.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui