Tech Zone

BBB21: Túlio Gadêlha diz que eliminação de Sarah é recado a Bolsonaro

BBB21: Túlio Gadêlha diz que eliminação de Sarah é recado a Bolsonaro
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles

O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) – também conhecido como o namorado da Fátima Bernardes – é só mais um, entre milhares de brasileiros, que acompanham a atual edição do Big Brother Brasil e tornam os acontecimentos da casa mais vigiada do Brasil pautas do dia a dia, em rodas de conversa ou nas redes sociais.

Sua diferença, no entanto, é a forma de enxergar o reality show, levando ao pé da letra o conceito do programa. Hora ou outra, em meio a críticas ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido) e publicações sobre sua atuação como parlamentar, Gadelha tira um tempinho para comparar o BBB21 com o atual cenário da política nacional.

“O recado tá dado, Bolsonaro. Sarah sai com 76,76% de rejeição. Negacionistas não passarão. Nem homofóbicos. Por isso, Rodolfo deve ser o próximo. 2022 vem aí”, escreveu o parlamentar em seu Twitter, na noite de terça-feira (30/3), logo após a brasiliense Sarah ser a oitava eliminada do BBB21.

Antes mesmo do paredão, Túlio Gadêlha já havia mostrado seu descontentamento com a brasiliense, que em sua participação no reality colecionou falas polêmicas sobre política e, principalmente, sobre a pandemia. “Abre o olho, Juliette. Essa Sarah é tão perigosa quanto Pazuello no Ministério da Saúde”.

Gadelha chegou a desejar o confronto entre a consultora de marketing digital e Juliette, apostando suas fichas na vitória da paraibana e, é claro, aproveitando para fazer uma previsão sobre as próximas eleições presidenciais baseado no reality.

“Queria que a Sarah fosse com a Juliette pro paredão. Só pra ver a pisa. Um outro nordestino vai dar uma pisa igual em Bolsonaro em 2022. Pode anotar”, disse.

Logo após a formação do último paredão que colocou Sarah, Rodolffo e Juliette na berlinda, ele voltou a o programa de entretenimento com a política nacional: “Agora é votar pra tirar a Sarah com a mesma vontade que a gente quer tirar o Bolsonaro”.

Ao que parece, o deputado enxerga o BBB21 como uma pequena amostra da a realidade brasileira. Em outra ocasião, o relacionamento entre Carla Diaz e Arthur também rendeu uma comparação com a política.

“Carla Diaz parece aquele eleitor cego de Bolsonaro. Cria uma ilusão. Só leva patada. Mas diz que ama, se joga, insiste no erro. Gente, isso não é amor, é masoquismo”, disse, se referindo ao relacionamento que ex-chiquititas viveu com o crossfiteiro dentro do reality.

E nem mesmo a amizade de Gil do Vigor com Sarah escapou dos comentários do político. “Um pernambucano dizer que sua maior aliada é uma bolsominion é de dar uma dor no coração. Estou quase migrando para o #teamJuliette. Se liga Gil!”, escreveu Gadelha, inconformado com a parceria que os dois tinham no Big Brother Brasil.

Fonte: Metrópoles

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá