ALAGOAS: Duas pessoas são internadas em Maceió com suspeita da doença da urina preta

0
ALAGOAS: Duas pessoas são internadas em Maceió com suspeita da doença da urina preta
Foto: Pixabay

Duas pessoas deram entrada em um hospital de Maceió, nesta semana, com suspeita de terem contraído a Síndrome de Haff, conhecida como doença da urina preta. Elas teriam consumido peixe durante um almoço em Marechal Deodoro.

Em nota, a Prefeitura de Marechal Deodoro informou que a Vigilância Sanitária da cidade fez a interdição de pelo menos 32kg de peixes do estabelecimento em que as pessoas teriam feito a refeição, na Massagueira. 

“A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, informa que recebeu a denúncia e já tomou todas as medidas necessárias. Ao ser comunicada do ocorrido, a Vigilância realizou a interdição cautelar de, em média, 32kg de peixes. Todo o produto está sendo submetido a uma análise através do Laboratório Central de Saúde Pública de Alagoas (LACEN-AL) em parceria com um laboratório especializado. O material será rigorosamente examinado e mediante o resultado do laudo, o LACEN-AL e a Vigilância Sanitária de Marechal Deodoro darão prosseguimento à investigação”, diz a nota.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) afirmou que as amostras foram coletadas e estão em análise.

“A Gerência do Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) informa que recebeu as amostras do pescado coletadas pela Vigilância Sanitária de Marechal Deodoro e que está em processo de análise. Ressalta, entretanto, que não há um prazo determinado para conclusão, uma vez que o processo requer minucioso estudo para comprovar ou descartar a presença da toxina proveniente de algas marinhas no pescado analisado, que podem ou não ter provocado os casos suspeitos de Síndrome de Haff, conhecida como doença da urina preta”, comunicou a Sesau em nota. 

O infectologista doutor Fernando Maia explicou o que causa a doença e esclareceu o que deve ser feito para que a população tenha cuidado ao consumir os alimentos. 

 

Participe do nosso CANAL no TELEGRAM CLICANDO “AQUI” e receba notícias em primeira mão! 

 

Fonte: TNH1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui