Tech Zone

Advogada baiana chama atenção ao atuar como garota de programa e vender conteúdo adulto

Advogada baiana chama atenção ao atuar como garota de programa e vender conteúdo adulto
Redes Sociais

Advogada baiana chama atenção ao atuar como garota de programa e vender conteúdo adulto! Quem estiver andando pelas ruas de Salvador pode encontrar a qualquer momento alguns cartazes curiosos em postes da capital baiana.

Neles, uma pergunta que chama atenção: “Quer conhecer o conteúdo erótico da advogada mais ousada do Brasil?”. Trata-se de um anúncio pessoal de Frida Carla, que tem tido repercussão na web por dividir a vida entre os fóruns, moteis e plataformas eróticas.

frida carla

Advogada com registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil – seção Bahia (OAB-BA), a morena tem roubado a cena com suas publicações nas redes sociais em que abusa da sensualidade e chega a aparecer seminua em alguns cliques.

Os registros mais quentes podem ser conferidos no Privacy, onde Frida mantém um perfil, ou até mesmo pessoalmente, já que ela também atua como garota de programa.

“Eu tenho duas profissões, uma diplomada academicamente que é advogada, e a outra que é diplomada pela vida. São duas profissões.

Uma carecendo de regulamentação no Brasil, mas já estamos no avanço aí, tivemos duas carteiras profissionais assinadas de duas trabalhadoras sexuais, ainda precisamos discutir mais como vai ficar essa situação, mas eu não sofro muito preconceito não.

Entro no fórum, faço minhas audiências, defendo as minhas clientes, entro no motel atendo os meus clientes. Cada trabalho ali no seu espaço”, disse ao podcast Na Casa Dellas.

No bate-papo, Frida explicou que já trabalhava como acompanhante antes mesmo de se tornar advogada. Defensora dos direitos da “profissão mais antiga do mundo”, ela também é mestra em Estudo de Linguagens pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb). “Eu sou uma acompanhante desde sempre, resolvi estudar, resolvi fazer a faculdade para ter mais conhecimento dentro do meu trabalho de acompanhante. Pronto. As pessoas têm dificuldade de aceitar isso”.

Via Bnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Prefeitura de Jatobá