Inicio SAÚDE E TECNOLOGIA NUTRIÇÃO: É possível emagrecer e ganhar massa magra ingerindo cerveja?

NUTRIÇÃO: É possível emagrecer e ganhar massa magra ingerindo cerveja?

0
NUTRIÇÃO: É possível emagrecer e ganhar massa magra ingerindo cerveja?
Imagem de Marcelo Ikeda Tchelão por Pixabay

No país do Carnaval, com uma cultura tipicamente festeira, uma das maiores queixas em consultório em relação à perda de peso é abandonar a cerveja do final de semana. Mas, afinal, é possível emagrecer mesmo fazendo ingestão de bebidas alcoólicas?

A resposta não é óbvia, porque depende de muitos fatores. Não existe uma solução pronta. Algumas informações podem te ajudar a ponderar e alinhar o consumo para que você não se frustre na busca de uma melhoria no shape.

Primeiro ponto que deve ser entendido: o álcool é uma caloria vazia, ou seja, não nutre as células e não traz nenhum benefício ao organismo. Fora isso, cada grama de álcool tem 7 calorias, perdendo apenas para a densidade calórica da gordura, de 9 calorias por grama.

Apesar de muita gente acreditar que a cerveja conta com maior densidade calórica, isso não é verdade. Em 350 ml de cerveja, há 150 calorias, enquanto em um copo de 250 ml de gin com tônica apresenta, aproximadamente, 192 calorias.

A “loira gelada”, entretanto, não ganhou má fama no emagrecimento à toa. Isso porque quem costuma beber cerveja geralmente ingere uma quantidade maior e tem o hábito de petiscar, enquanto quem normalmente bebe drinques à base de gin se satisfaz ou fica “alto” mais rápido, não ingerindo as mesmas quantidades.

Com esse exemplo, torna-se possível entender que, para o projeto fitness funcionar, não é preciso, necessariamente, se privar de ingerir bebida alcoólica. Porém, certamente vale ponderar a frequência e a quantidade, algo determinante nesse momento.

Vale destacar que o álcool atrapalha o crescimento muscular. Ao ingeri-lo, ocorre a liberação de uma substância, chamada acetaldeído, que é tóxica ao nosso organismo. É perfeitamente compreensível, sabendo disso, porque temos a temida ressaca um dia depois de exagerar na bebedeira.

Por último, mas não menos importante, acontece uma queda de performance na atividade física e até mesmo o velho risco de ligar para o ex. Por isso, diminua a frequência de dias em que irá beber. Isso reduz a sua resistência ao álcool e logo você precisará beber cada vez menos – em um ciclo virtuoso e menos prejudicial ao organismo.

Fonte: Metrópoles/Thaiz Brito é nutricionista pós-graduanda em Nutrição Esportiva Clínica

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui

Sair da versão mobile