NA CLANDESTINIDADE: Populares lotam trem com “baile funk” organizado nas redes sociais; veja vídeo

0
NA CLANDESTINIDADE: Populares lotam trem com “baile funk” organizado nas redes sociais; veja vídeo

O coronavírus tem sido devastador em todo o país. E no Rio de Janeiro não é diferente. Neste sábado (20), o estado tinha 481 pessoas na fila de espera por um leito de Covid-19, assim como na capital que registrou uma taxa de ocupação de 96% dos leitos de UTI e 82% na enfermaria do SUS.  Ainda com esses números expressivos, um grupo organizou, através das redes sociais, um baile funk, com pessoas sem máscara e distanciamento social, em um dos trens da Supervia. 

O evento foi gravado por pessoas que estavam participando e acabou viralizando na internet. De acordo com as imagens, a festa, chamada de “Trem do Funk da Antiga”, teve DJ com aparelhagem de som, poucos passageiros de máscara e bebidas alcoólicas vendidas por ambulantes. 

No flyer digital compartilhado nas redes, marcava o ponto de encontro na plataforma 8 da Central do Brasil, por volta das 19h. O trem escolhido pelos organizadores foi o do ramal Japeri, que saiu por volta das 20h 15 da Central. Em vídeos compartilhados nas redes ainda mostram passageiros com feições que demonstravam estar descontentes com o grupo.

Assista ao vídeo: 

Para o portal O Globo, a Supervia informou que “repudia o comportamento registrado que mostra a prática de atos proibidos por lei, especialmente neste momento delicado de pandemia, incluindo, pessoas sem máscaras, ouvindo música alta, fumando e consumindo bebidas alcoólicas, o que pode causar transtornos e riscos aos demais passageiros”. 

A concessionária ainda afirmou que apura o episódio e adotará “medidas jurídicas cabíveis, comunicando as autoridades competentes para investigação e punição dos responsáveis”. Questionada sobre a fiscalização dentro das composições, a empresa informou que “a fiscalização em relação ao uso de máscara cabe ao poder público”, pois seus agentes não possuem poder de polícia. A Supervia ainda diz realizar ações de conscientização e vender passagens apenas para passageiros com máscaras.

Fonte: Bnews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui